Notícias

Clipping BN Engenharia no Diário de S. Paulo – Doria inaugura CTA em Santo Amaro

Data: 31/10/2017

Novo espaço de acolhimento para moradores em situação de rua é o sétimo instalado na capital. Prefeito promete abrir mais dez até o fim do ano

 

A Prefeitura inaugurou nesta quinta-feira (26) mais um CTA (Centro Temporário de Acolhimento) para moradores em situação de rua. O novo espaço está localizado na Rua Miguel Yunes, em Santo Amaro, Zona Sul, e terá 170 vagas de acolhimento onde será possível passar a noite no local, além de outras 50 para convivência. O novo centro é destinado ao público masculino.

Apenas com os CTAs, que agora são sete, são 1.250 vagas de acolhimento. A meta do prefeito João Doria (PSDB) é inaugurar mais dez centros de acolhimento até o fim do ano.

“Serão cinco em novembro e cinco em dezembro. Com esses 17 vamos poder atender quase três mil pessoas em situação de rua”, disse o prefeito durante coletiva de imprensa.

O novo CTA vai funcionar 24 horas por dia e começa a operar em 5 de novembro. No local existe um canil para 36 cachorros e um espaço para carroças. A triagem dos moradores em situação de rua é de responsabilidade da Associação Beneficente Caminho de Luz e as primeiras vagas serão destinadas a pessoas em situação de rua da região de Santo Amaro.

Todos os acolhidos terão acesso a alimentação, banho, atendimento social e poderão ser encaminhados para outras políticas públicas, conforme demanda individual.

O custo do novo espaço foi de R$ 650 mil e bancado pelo Grupo Bueno Netto, em mais uma parceria da Prefeitura com a iniciativa privada.

Segundo a Prefeitura, a rede de acolhimento pública do município, com 85 centros de acolhida e sete CTAs, juntos, disponibilizam 12 mil vagas.

DOAÇÃO/ Na quarta, a Prefeitura recebeu a doação de 20 toneladas de macarrão da Abimapi (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados). Os alimentos serão destinados à rede assistencial. A doação corresponde a R$ 100 mil e deve garantir cerca de 80 mil refeições para as pessoas em situação de vulnerabilidade.

 

Link da matéria aqui.

Imagem: Leon Rodriques/ Secom